Literatura de Verdade

Um blog sobre livros e notícias. E notícias sobre livros.

As Cosmicômicas

with 3 comments

Plutão voltou à baila. Tem gente fazendo lobby pra ele voltar a ser planeta. Quando o pedacinho de pedra gelado foi rebaixado, em 2006, escrevi isso que vai abaixo. Pausa para a série Em busca do texto perdido, enquanto tomo fôlego:

Tudo sob controle (byte sobre tela, Rodolfo feat. Vermeer)

As Cosmicômicas

O astrônomo americano Clyde Tombaugh descobriu Plutão em 18 de fevereiro de 1930. O astro foi considerado o nono planeta do Sistema Solar durante setenta e seis anos. Em agosto de 2006, a União Astronômica Internacional rebaixou-o a planeta-anão.

Foi mesmo uma confusão, lembrou o velho Qfwfq. Na Terra, as coisas até que correram bem quando os cientistas resolveram rebaixar Plutão. Houve quem esbravejasse a favor dele, mas a população em geral preferiu não se envolver. Também, depois que os astrólogos garantiram que não mudava nada, ninguém teve muito motivo para se ofender. Complicada mesmo foi a situação no planeta-anão, se é que os plutonianos me permitem chamá-lo assim. Quando a notícia chegou por lá, cogitou-se até invadir a Terra. A verdade é que a retirada de Plutão do rol da fama do Sistema Solar foi encarada como uma afronta aos moradores daquele pedaço de pedra gelada. Os líderes locais foram às tribunas praguejar contra os terráqueos. Diziam que o pessoal da Terra pensava mandar na Via Láctea. Outros iam mais longe e afirmavam que os terráqueos se imaginavam os únicos serem pensantes do universo. Sobrou pra mim, que já tinha morado na Terra.

– Como é, Qfwfq? Seus amiguinhos são sempre assim? — perguntavam, sarcásticos.

Para não me envolver demais, mudava de assunto. “Acho que a gente tem demorado mais de 248 anos para dar a volta ao redor do Sol, vocês não acham?”. Não queriam saber. Só se interessavam por falar mal da Terra, não me davam paz. Era um modo de se vingar. Como não podiam reclamar direto com os terráqueos, descontavam em mim. Os plutonianos se sentiam humilhados pelo rebaixamento. Tão humilhados que acabaram por me comover. Resolvi consolar. Sempre que se referiam à Terra na minha frente, eu dizia que deixara o planeta voluntariamente. “Não agüentava mais aquela gente sujando tudo, fazendo barulho. Fui embora no primeiro cometa que passou”. Eles gostaram tanto que a ojeriza se transformou em admiração. Passei a discursar no parlamento e até melhoraram o sistema de aquecimento da minha cratera.

As ofensas à Terra me valeram tantos benefícios que tomei gosto pela coisa. Meus impropérios foram ficando cada vez mais rudes, para justificar as aparições públicas, e mesmo aqueles que já tinham esquecido o disparate dos cientistas da Terra eram obrigados a lembrar do passado pelas minhas palavras. Até o dia em que ninguém mais lembrava o que tinha acontecido. A não ser os meus amigos lá na Terra, que assim que ficaram sabendo dos meus ataques verbais enviaram uma mensagem cortando relações.

Anúncios

Written by Rodolfo Borges

Janeiro 17, 2011 às 9:27 pm

Publicado em Crônica

Tagged with , ,

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Após tal escrito platônico, ops, plutônico, sugiro uma análise do décimo terceiro signo do zodíaco. Eu nunca dei muita bola para astrologia. Mas, comparando Gêmeos a Touro, não tem pra mamíferos. Sou geminiano, sim, senhor. Você é que é taurino.

    Diego Iraheta

    Janeiro 20, 2011 at 12:46 am

  2. Pensei que esse assunto já estivesse resolvido.
    Ah, também achei bem estranho esse assunto do décimo terceiro signo, o meu mudaria.

    leopfq

    Janeiro 20, 2011 at 7:00 am

  3. O meu também mudaria. Acho que dá crônica mesmo. Vou pesquisar!

    Rodolfo Borges

    Janeiro 20, 2011 at 7:44 am


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: