Literatura de Verdade

Um blog sobre livros e notícias. E notícias sobre livros.

Nem parece traficante

with 6 comments

Você se espantou com a entrevista à la Robin Hood do traficante mais encontrado do Rio de Janeiro? Nem eu. Uma semana antes de tentar escapar da Rocinha dentro de um porta-malas, um doce Nem, cheio de consciência social e tal, disse à Revista Época que não gosta de bandidos, bebe socialmente, não deixa sua turma usar drogas e que o crime não compensa. Mais: elogiou as qualidades de seu algoz, o secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, e defendeu tudo aquilo contra o que suas atitudes advogam.

Parece contraditório, mas só parece. Rei dos foras da lei e príncipe dos camaradas do século 21, Nem cumpriu o protocolo com perfeição. Walter Scott e Alexandre Dumas não teriam feito melhor. É que não tem graça isso de ficar do lado do cara malvado, daí essa história de transformar o Robin Hood em bandido com boas intenções, espécie de precursor do Bolsa Família. Mas você nunca caiu nessa, certo? Lampião também pegava pesado e escapava por essa de defesa dos pobres.

Normal, cada um na sua. A verdade é que sempre foi e sempre será cada um por si. E cada um que tente convencer os outros do contrário. Se um banco pode levar o seu dinheiro dizendo que não é bem assim, que nem parece banco, por que cargas d’água um traficante não teria esse direito? O Nem passa a mão na cabeça e os capangas quebram as pernas que precisam ser quebradas, afinal business is business.

Estará num capítulo qualquer de qualquer livro de auto-ajuda empresarial: o carisma é elemento essencial para o líder. E, para não ser injusto, se o raciocínio vale para quem está do lado de lá, também vale para quem está do lado de cá. Que dizer, afinal, do governador Sérgio Cabral, idealizador do conceito de protesto festivo e promotor da primeira manifestação com área VIP do país, convocada em nome dos royalties perdidos? Nem parece governador.

Anúncios

Written by Rodolfo Borges

Novembro 19, 2011 às 12:18 am

6 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Eu achei curiosa a postura da jornalista Ruth de Aquino, da Época. Pareceu tão ingênua. A coitada até demorou pra dormir, mas a impressão que ficou é que não foi porque subiu o morro, mas porque o Nem era um cara super legal.

    Rodrigo Borges

    Novembro 19, 2011 at 8:26 am

    • Acho que foi dessa impressão que ela deixou que me toquei de que ele não podia ter agido de outra forma.

      Rodolfo Borges

      Novembro 19, 2011 at 10:16 am

  2. Rodolfo… cê é muito bom! Tenho acompanhado suas matérias no 247.Digo bom por narcisismo.É que eu tenho concordado com todas as matérias aparecidas por lá.Não sei se vale. Mas o “simbólico” “valores” do mundo se guiam na coisa de ter. Ser é secundário.Quero dizer valores “simbólicos” não morais não contam.O mundo diz e concorda : “pagando bem que mal tem” e todo mundo tem entendido(desentendido). Esse meio tem sido mensagem.Não há direito, há direito do consumidor, de consumo.Há lei? Sim. Quando se pergunta se há lei, aparece a lei do mercado. Então esse moço que você cita na matéria tinha ternos europeus.E assim o mundo goza no consumo .Do estado ao privado.Na lei simbólica ” do mercado”. Vamos ver até aonde o mundo aguenta a cegueira desse gozo.Continue escrevendo, há lucidez nas suas matérias. A vida é curta e a arte é breve!?A arte é longa e a vida é breve. Vida longa aos seus textos… Abr.Vinicius.

    Vinicius.

    Novembro 20, 2011 at 1:47 am

    • Obrigado, Vinicius. Bom receber comentários assim. Abraço!

      Rodolfo Borges

      Novembro 20, 2011 at 10:19 am

      • De nada Rodolfo, eu é que agradeço.abr.Vinicius.

        Vinicius.

        Novembro 20, 2011 at 7:43 pm

  3. Eu me espantei. Mas foi com a ausência de qualquer ressalva da jornalista ao perfil publicado. Nem deu um show, a repórter não só parece não ter sacado o que rolou, como deixou o país todo perceber.

    Isabel

    Novembro 20, 2011 at 9:06 pm


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: