Literatura de Verdade

Um blog sobre livros e notícias. E notícias sobre livros.

Posts Tagged ‘campo 14

A grande família norte-coreana

with 5 comments

Escape

Jang Song-thaek, o número dois na hierarquia norte-coreana, foi executado sob a acusação de depravação, noticiou na última quinta-feira a agência de notícias oficial do país. A informação é bizarra o bastante para dispensar o detalhe de que Song-thaek é tio do líder máximo do país, Kim Jong-un.

Se você leu Escape from camp 14 (Fuga do campo 14, na tradução publicada por aqui), contudo, o parentesco entre o ditador da Coreia do Norte e o tio depravado perde um pouco da relevância no ocorrido.

No livro, o jornalista Blaine Harden conta a história de Shin Dong-hyuk, o único norte-coreano de que se tem notícia que, nascido em um campo de concentração, conseguiu escapar do cárcere.

Antes de enfrentar cercas elétricas de arame farpado e o frio glacial do inverno norte-coreano até a fronteira com a China, Shin delatou mãe e irmão, que planejavam, como ele faria anos depois, fugir do campo 14 — o mais rígido e controlado do país, com estimados 15 mil prisioneiros.

A delação, incentivada pelos carcereiros, foi feita na expectativa de conseguir benefícios (uns grãos a mais de milho), mas Shin acabaria punido junto com os familiares, com um ano de detenção na prisão do campo.

O fugitivo só viria a se envergonhar pelo que fez do lado de fora do campo, depois de aprender, com colegas sul-coreanos, que o que fez era condenável — ele nunca conseguiria superar a culpa pela delação. Apesar da educação europeia, a elite norte-coreana parece não ter desenvolvido esse tipo de sensibilidade.

Escape from camp 14 conta ainda como o regime do clã Kim sobrevive desde a Guerra das Coreias — a fraude mundial no mercado de seguros, que rendeu US$ 20 milhões só em 2003, é bem engenhosa — e detalhes sobre a tal depravação que levou Lil’ Kim a matar o tio, e que, ao que consta, é característica de família.

Written by Rodolfo Borges

Dezembro 16, 2013 at 4:52 pm

%d bloggers like this: